c2games, fato, informativo, lol, opinião, polemico

5 motivos pelos quais Diablo 3 desaponta

E quase um ano sem posts… Cá estou eu, para reacender a chama blogueira da velha c2games!

Sem maiores delongas, se você é minimamente informado sobre jogos, deve ter ouvido falar de Diablo 3. Um dos jogos que nutriu a maior expectativa de lançamento nos últimos tempos, não deixa de ser um bom jogo. Mas é evidente que ele poderia ser muito melhor e possui aspectos realmente frustrantes. E o objetivo desse post é exatamente esse, justificar porque Diablo 3 não correspondeu a 100% das expectativas geradas.

E na posição 5 desse post…

5. Clima de Diablo?

Antes mesmo do lançamento oficial de Diablo 3, muitas críticas foram feitas com relação a ambientação do jogo. Críticas com relação ao gráfico do jogo, que estaria muito colorido e com visual mais cartunesco. A própria Blizzard, desenvolvedora do jogo, lançou um nível bem feliz, com unicórnios, arco-íris e nuvens alegres para debochar das críticas dos jogadores que diziam que o jogo estava muito colorido.

De fato o jogo se tornou mais colorido e cartunesco em relação aos originais. Isso não torna o jogo ruim, mas para quem jogou os anteriores e esperava o mesmo clima de suspense e sombras, fica um pouco decepcionado. Não há mais pentagramas, cruzes invertidas, rituais, corpos sendo queimados em estacas como antes, nos clássicos. Sem falar nos inimigos, que já não intimidam tanto assim.

4. Why so Easy?
Esse deve ter sido um dos pontos que mais me desapontou. Em Diablo 3, terminar o jogo em uma dificuldade implica destravar outra, mais difícil. Naturalmente, chega a um ponto que a dificuldade se torna sádica. Mas está longe de ser assim no início do jogo, faltando um melhor balanceamento da dificuldade.

Ao jogar pela primeira vez na dificuldade normal, se você for um jogador experiente, então prepare-se para morrer de tédio. É como jogar um tutorial que demora umas 8 horas pra terminar. Dificilmente você morre durante toda a campanha. Na campanha toda do modo normal, por exemplo, eu morri uma única vez e por distração. Você pode clicar em qualquer inimigo para atacá-lo sem se preocupar em usar poções, salvo em casos específicos. E mesmo que você morra, dificilmente você é punido. Geralmente você perde apenas 10% da saúde de seus equipamentos. E é super fácil recuperá-la, gastando pouco dinheiro em algum mercador. Nos primeiros níveis é ainda mais fácil: se você morre, o jogo fica com pena e você apenas é teleportado ao último checkpoint.

Morre Diablo? Dificilmente você morrerá nas dificuldades iniciais

Quando comecei a jogar no modo normal, fiquei tão frustrado com a facilidade do jogo, que eu pensei em reiniciá-lo numa dificuldade mais elevada. E vejam só, nenhuma dificuldade mais elevada está disponível, a não ser que você termine o modo história no nível normal! $%&¨#%# Blizzard, o que custa me permitir escolher um outro nível de dificuldade?  Por que me obrigar a jogar no modo for dummies?

E pior, mesmo no modo Pesadelo, não faz mal se seu personagem morrer, você perde apenas 10% da saúde de seus equipamentos. Por que não punir retirando parte de seus pontos de experiência, por exemplo? Ou quebrando seus itens completamente e obrigando o jogador a voltar até a cidade para consertar?  Sei lá, só sei que o modo Pesadelo ainda ficou muito fácil.

Inclusive, o motivo número 4 é relacionado com o 3, que é…

3. A repetição excessiva

Ok Blizzard, é muito difícil fazer um jogo desse gênero sem ser repetitivo. Esse é o mal de todo Diablo e de outros jogos como Torchlight e Baldur’s Gate. Mas custava não fazer tão repetitivo? A partir do momento que você termina Diablo 3 pela primeira vez, no modo idiota normal, você é obrigado a jogar nos exatos mesmos mapas e com a mesma história várias vezes. Você já é obrigado a zerar no modo normal que é extremamente fácil. Ao mudar pro modo pesadelo, você joga exatamente a mesma história, sem qualquer diferença, mas com a dificuldade um pouco elevada. É chato, principalmente se você considerar a linearidade de Diablo 3. Não há mapas sendo gerados de forma randômica, nem depois que você termina o jogo. Custava alguma coisa fazer algum tipo de mapa extra para esse nível, Blizzard?

Pra chegar melhor no ponto do meu raciocínio: Torchlight, um jogo de mesmo estilo criado pela equipe original do Diablo 1, ao terminar o jogo, libera infinitos mapas, com dificuldade crescente, sendo gerados em tempo real e com uma série de ítens raros. Custava fazer algo do gênero, Diablo 3? Deixe os jogadores curtirem mapas randômicos ao zerar o jogo! Isso já removeria parte da linearidade e a encheção de saco que é passar pelos mesmos mapas, com os mesmos personagens e as mesmas falas de novo, e de novo, e de novo, e de novo…

Aliás, isso é igualmente irritante por conta…

2. Da história ridícula

Quem escreveu a história de Diablo 3? Um garoto do jardim de infância? A história é mais do que ruim, dá vergonha alheia. Óbvio que a história de um jogo não precisa necessariamente ser ganhadora de um Oscar de roteiro original (aliás, nem deveria se preocupar com isso). Mas ela também não deve comprometer.

Os diálogos são chatos, bobos e caricatos, que beiram a uma mediocridade que inexiste no mundo real. A cada fala de algum personagem, você pensa: “quem falaria assim? Nem nos filmes da Disney há tanto blablabla caricato de salvar o mundo”. Acho que os desenvolvedores do Diablo 3 passaram tanto tempo fechados dentro da Blizzard que esqueceram como se dá o contato e a comunicação entre outros seres humanos. Os NPCs que lutam junto com você falam tantas coisas idiotas, repetindo as falas imbecis centenas de vezes que chega uma hora que você imediatamente dispensa a ajuda deles, só pra ter um pouco de paz. O que não faz falta, já que o jogo é estupidamente fácil. E quando o jogo te obriga a jogar com algum NPC que não cala a boca, é pior ainda. Lembro até de algumas citações do AVGN nessas horas. A história e os diálogos do Diablo 3 são tão divertidos quanto beber diarréia vomitada do ânus de um búfalo. O único diálogo que vale a pena, ao jogar com a dublagem brasileira, é quando você se encontra com esse personagem:

O personagem dublado pelo seu Madruga ser justamente um vendedor que vende chapéus, sapatos e roupas usadas e contrabandeadas foi brilhante. Tornou a dublagem brasileira extremamente épica e como o ponto mais alto do jogo. Seja lá quem teve essa ideia: obrigado. Você criou o momento mais épico do Diablo 3.

Continuando, a história não precisa ser boa, só não precisa comprometer e deve dar motivação suficiente para você saber o que é preciso fazer e talvez empolgar em algum combate do jogo. E a de Diablo 3 enche o saco, é irritante. Não precisava se levar tão a sério. E é nítido que ela tenta ser uma história dramática e envolvente, dadas as reviravoltas e “surpresas” clichês que ocorrem ao longo do game. Nenhuma delas tem graça, já que todos os personagens a sua volta são tão chatos, sem personalidade e clichês, que não faz a mínima diferença quando algum deles morre. Aliás é bom que eles morram mesmo, pois só assim eles somem e calam a boca. Até mesmo o anjo Tyrael se tornou estúpido nesse jogo. Não há qualquer envolvimento do jogador com os personagens. E isso torna o jogo constrangedor nesse aspecto. Faça como eu: pule a história, as falas e as cenas. A tecla ESC do teclado é sua amiga.

Mas faço uma ressalva: as cutscenes são bonitas, muito bem feitas. Pelo menos as que eu não pulei quando a história me irritou.

Bom, dito isso, vamos ao aspecto mais frustrante de Diablo 3…

1. O MALDITO DRM

Essa porcaria de DRM veio pra ficar. Por mais que muitas pessoas venham a enaltecer as vantagens de você jogar sempre conectado aos servidores da Blizzard, é um saco você ser obrigado a estar conectado a Internet sempre que for jogar um jogo single-player, como Diablo 3. Lá fora nem tem tanto problema com isso, considerando que Internet é tão comum quanto água e luz. Mas no Brasil, devido a lentidão dos servidores, provedores instáveis e tal, é ridículo você estar jogando sozinho e sofrer de lentidão, desconexões ou aturar servidores fora do ar pra manutenção. Em jogos online isso é de praxe e quem joga está acostumado. Mas pra quem curte na maioria do tempo a experiência single-player e prefere jogar sozinho, é um pé no saco! Quase sempre que eu pauso o jogo por 10 minutos por qualquer razão e volto pra jogar, o servidor cai. E se você estiver no meio de um mapa e o servidor cair, isso significa reexplorar tudo novamente.

Agora vamos para o momento realmente dramático desse post: no dia que a Blizzard quiser encerrar as atividades de seus servidores, os jogadores não poderão curtir Diablo 3 nunca mais? Se não existirem servidores piratas, provavelmente. Essa investida em DRM mostra mais uma vez que a tendência dos jogos é não serem mais produtos, mas serviços. O jogo que você compra não é mais seu, mas apenas algo que uma empresa disponibiliza enquanto ela permitir. Se você pagou e ela não quer mais que você jogue, azar o seu. Se um dia a Blizzard cansar de Diablo 3 e te forçar a comprar Diablo 4, é só ela encerrar os servidores ou forçar alguma atualização paga. Esperamos que isso nunca ocorra, mas o que impede?

Ok, foi um pouco dramático o parágrafo anterior, mas pra que forçar o aspecto online se muita gente, como eu, prefere a experiência single? E não me venham com casas de leilões e tal, odeio aquilo, vou odiar sempre e odeio quem gosta daquilo. E se você criticar minha opinião quanto ao DRM nos comentários abaixo, saiba que eu já te desprezo e acho sua opinião ridícula e irrelevante.

Concluindo: Diablo 3 é um bom jogo, mas tem aspectos muito frustrantes que comprometem parte da sua jogabilidade. Ainda é um jogo muito divertido para quem gosta de explorar e colecionar armas, que é o meu caso. Talvez nesse aspecto seja o ponto alto do jogo. Mas poderia ser BEM melhor.

Anúncios

11 comentários sobre “5 motivos pelos quais Diablo 3 desaponta

  1. Concordo com voce amigo eu comprei lembrando justo como joguei o D1 e D2 mas me descepcionei nesses aspectos SEM contar que agora recetimente tem um BUG no jogo com o arcanista que deixa o CHAR IMORTAL isso mesmo voce nao morre nem mesmo do proprio diablo.

    Habilidade de teleporte do arcanista mais com a do arconte voce usa a do teleport depois o arconte mas so funciona se voce tiver no lvl 60 ja e com tais runas que faz os efeitos da magia e a Blizzard esqueceu de arrumar essa mancada.

    Depois falam que agente somos cheats.

    É eu achei que o game ia bombar mas fracassou ate na estreia dele quando o servers nao aguentaram tanta gente querendo jogar e tais erros 3007 eu acho (eu nunca tive erro disso) mas que me atrapalhou foi o LAG absurdo que tinha no jogo.

    Bom post seu amigo.

    E ja to testando o Beta do Pandarian De Wow eles arrebentam.

  2. Cara, a dificuldade de D3 é uma coisa completamente esquizofrênica.

    Como você disse, no normal você quase dorme de tédio. No modo inferno você começa a insultar a Blizzard mentalmente enquanto joga, porque 1) nível de apelação dos monstros, e 2) a única forma de superar essa dificuldade é com itens ultra-mega-from-hell-power; simplesmente não há como achar itens mais ou menos e jogar com habilidade.

    Para conseguir esses itens, você tem duas opções: 1)”farmar” (como se já não houvesse repetição suficiente) o Ato 1 uns 100 mol de vezes para juntar gold e/ou achar algo que preste ou 2) desembolsar dinheiro real pra comprar item do jogo na casa de leilão. De qualquer forma, nesse ponto o jogo se torna literalmente uma caça por itens perfeitos e fodões.

    A impressão que fica da dificuldade é que o jogo tenta apelar pra todo tipo de jogador. O normal é pro dummy e o inferno é pro hardcore-blizzard-fanboy.

    Sobre a randomização de áreas: existe aleatoriedade no D3 sim, só que ela é sutil. O contorno das áreas externas não muda, o que acontece é que surgem “eventos” e dungeons aleatórias no interior dos mapas.

    Não dá pra entender porque não foram feitas mais coisas para tornar a repetição mais suportável. Podia haver ciclo dia/noite, e também um sistema de clima dinâmico. Outra coisa que ajudaria é uma opção para eliminar o diálogo seguidor e pular automaticamente as cutscenes in-game (como aquela da morte do Cain…).

    Sobre a atmosfera do jogo, meio fraca mesmo. Acabou-se o clima de terror, acho que por conta da direção de arte cartunesca e do diálogo à la power rangers dos vilões.

    Mas acho que o problema nem é a história em si, mas a apresentação da história. Pense bem: uma mãe que trai a própria filha e a entrega para ser possuída por satã. É uma história de horror de hollywood, talvez mais dramática que o exorcista. Mas de alguma forma, o jogador não sente simpatia pela Leah. Não funciona, não sei exatamente porque razão.

  3. cara.. entendo a tua frustração mas não concordo com a maioria das coisas que tu falou.. a historia de Diablo é a coisa mais importante nesse jogo, ele não é nem de longe em aspectos de jogo o mais divertido do genero. Depois a história é realmente decepcionante, eles praticamente encerraram ela no 2 e fizeram umas gambiarras pra reviver ela no 3, mas o enredo do 3 é infinitamente superior aos dos jogos anteriores. A parte do sistema de jogo eu achei uma bosta, principalmente o modo multiplayer. Tua achou os dialogos estupidos?? os do 1 e 2 são tao estupidos quanto isso se não são mais. A gente só não percebe por que eles estão em ingles então fica mais legal de qualquer forma. os personagens de diablo 3 são muito mais ricos e envolventes que os dos outros jogos. é chato os teus mercenarios ficarem falando o tempo todo no jogo. A parte dos gráficos realmente o jogo ficou muito caricato, mas não existia outra opção, os jogos anteriores eram mais realistas por serem em 2D, iria ficar extremamente estranho um jogo todo realista com a tecnologia atual na visão e formato de jogo que diablo tem. Agora a ambientação do jogo realmente é diferente dos jogos anteriores, digamos que foi uma evolução, o 1 era um suspense, obscuro. o dois é um pouco mais épico do que obscuro, até a trilha sonora (como estudante de game design eu posso garantir que a trilha sonora é um elemento de crucial importancia em um jogo) do 2 tirava aquele clima macabro do 1, o 3 é um épico e só, tiraram a obscuridade, não tem por que permanecer um clima obscuro se o inimigo que se enfrenta no jogo está agindo as claras, dominando o mundo, o personagem não está lutando com um inimigo desconhecido.. mas depois de tudo isso diablo 3 ainda é um jogo decepcionante até pra mim que sou fã da série.

  4. cara boa parte que eu li que vc escreveu foi asneira
    leia so um pouco do livro do cain,
    e sobre o grafico eu acredito que eles querem deixar eles leves iguais as do WoW
    ou entao aumentar o grafico do jogo com espansoes futuras, prova disso e o Starcraft II com a chegada do Heart of Swarm fez surgir uma nova opçao grafica “extremo” no game
    e eu chego a duvidar que a battle net vai deixar de hospedar os servers
    pois ate hj vc encontra os “servers” do diablo II online e se brincar a te o do primeiro
    realmente o jogo nao ficou tao “incrivel” mais ainda assim ficou um game jogavel

  5. Cara, para de reclamar o jogo ficou mó bom… sou um fã incondicional de D3, se você não gostou do jogo da Blizzard faz um melhor então!
    As pessoas estão acostumadas a reclamar demais das coisas… aff

  6. Manuuuu vc defeca pelos dedos… Alguns pontos que você colocou como frustantes de fato são realidade como a dificuldade do game, ou o fato de ser obrigado a jogar online… mas perai, a história é um lixo? cara vai crepúsculo, isso é história pra vc…

  7. O jogo ficou horrível, o que se percebe que a evolução foi realizada meramente para fim lucrativo, sendo que os gráficos do jogo parecem animes para bebes jogarem.
    Acabaram com a franquia.

  8. Não joguei o D3 ainda e depois desse post nem sei c vou comprar, pq tbm gosto de jogar no single. Vi um artigo falando de rumores sobre um novo diablo, mas pra mim poderia ser uma remasterização do D2, pq esse foi o melhor q ja fizeram. D2 eh um jogo dificil, msm no modo normal e ate msm com as mesmas historias em todos os modos o jogo fica mais divertido a cada vez q vc aumenta a dificuldade e sem falar a emoção de vc encontrar uma parte do immortals king no nightmare kkkk.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s